RESENHA: RANGO

Rango é a uma animação dirigida por Gore Verbinski (Trilogia Piratas do Caribe) e 1ª animação da Industrial Light & Magic, em parceria com a LucasFilm.
Rango conta a história de um camaleão (Johnny Depp) que se perde de seus donos, literalmente caindo no meio do deserto. Ao longo da história, ele acaba encontrando uma pequena cidadezinha chamada Poeira, habitada por animais sujos, feios e sedentos por um pouco de água, pois a cidade está definhando devido à falta da mesma. Rango então acaba "acidentalmente" juntando-se aos habitantes da cidadezinha para resolver os problemas que afligem todos, assumindo a alcunha de xerife da cidade.
Tal qual as animações mais recentes que vêm surgindo com o passar dos anos. Rango não é apenas uma animação; é uma obra-prima, repleta de humor, drama, ação, momentos reflexivos sobre o auto-conhecimento e o papel de cada um na história, além, é claro, de várias referências ao gênero Western, que é de fato, a ambientação principal que permeia o enredo.
Rango tecnicamente é impecável. O feio nunca foi tão belo (vide o "visual" dos personagens).
A fotografia é fantástica, a edição idem, o roteiro é muito bem trabalhado, os diálogos são muito divertidos e, ainda por cima, a trilha sonora é altamente envolvente e empolgante, sendo então, a cereja do bolo.
Se você está a procura de uma animação que vibrante, assista a Rango e se deixe levar por um dos filmes de faroeste mais loucos e mais divertidos já produzidos para o cinema.
Destaque para as corujas "mariachi's" que surgem em tela para narrarem em forma de música a trajetória do personagem principal ao longo da película.
Nota: 10
These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati

3 Responses to this post

  1. Marcel Camp on 19 de março de 2011 11:02

    Tb daria 10, é uma animação com uma das melhores histórias já feitas no campo do western.... ainda há essa crítica pela escassez da água e a corrupção dos poderosos de uma cidade explorada com habitantes subjulgados.

    Tb fiz uma crítica de Rango para a comunidade de Cinema que faço parte... um dia desses, postarei lá no blog!

    Hanz Zimmer (de novo, o cara!) se inspirou para fazer a trilha sonora nas músicas clássicas do faroeste italiano feito por Ennio Morricone. Mas a canção-tema de "Rango" (cantada por LOS LOBOS) é fabulosa... tem todo o CLIMA do anti-herói, além de remeter totalmente àquelas canções-temas dos personagens de faroeste, como Django, Ringo, Sartana, Trinity.

    Confere aí: http://www.youtube.com/watch?v=HsXnH0ly1S4 (demais!!!)

  2. Mestre Ryu Kanzuki on 22 de março de 2011 17:13

    Pelo que eu vejo, certamente, está aí uma previsão para o próximo Oscar.

  3. Fabiano Moraes on 26 de março de 2011 19:53

    Pimp, links!

Leave a comment