BADERNACAST #05

Saudações a todos, e sejam bem-vindos ao BadernaCast, o podcast de bate-papo Ultra-BADernista.
Nessa quinta edição, PIMP (MAL), Marcel Camp (vemaquinomeublog.blogspot.com) e Rafael Frassetto, discutimos sobre a saga de Rocky Balboa, um dos maiores heróis da história do cinema. A história de como um humilde lutador da Filadélfia torna-se o campeão mundial.
se há um personagem emblemático que nos mostrou que além de vencer nos ringues, devemos vencer na vida, esse personagem é Rocky, um descendente de italianos que derrubou preconceitos, venceu a discriminação, ultrapassou os rótulos sociais e provou que a verdadeira luta é a aquela que vencemos dentro de nós. Pois no fim, "sabemos que o que realmente importa, não é o quanto você sabe bater... mas sim, o quanto você aguenta apanhar sem cair".
sintam-se à vontade para opinar, criticar e elogiar!
O espaço é de vocês!

Assinem nosso feed:
http://www.mevio.com/feeds/oultra-badernista.xml

Link para download:
http://oultra-badernista.mevio.com

Link direto:
BadernaCast 05



E-mail para contato:
acervodopimp@yahoo.com.br

Trilhas sonoras que tocaram de fundo nessa edição:
Rocky, Rocky II, Rocky III, Rocky IV (Bill Conti)

Sigam-nos no Twitter:
@BadernaCast
@PimpMAL
@MarcelCamp
@RafaFrassetto
@Queirozzzzzzzzz

Nossa página no Facebook: O Ultra BADernista
These icons link to social bookmarking sites where readers can share and discover new web pages.
  • Digg
  • Sphinn
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Mixx
  • Google
  • Furl
  • Reddit
  • Spurl
  • StumbleUpon
  • Technorati

One Response to this post

  1. Queiroz on 8 de dezembro de 2010 16:06

    Eu cresci vendo os filmes do Rocky, e difícil apontar o melhor filme assim.

    Mas, se for pensar, qual dos filmes que se você ver saberá quem é o Rocky? Eu acho que seria o Rocky.II, acho que é o mais auto suficiente, pois no Rocky, Um Lutador, ele até perde no final.

    Talvez o que tenha mais me feito rir tenha sido o Rocky.3 por causa do Clubber Lang que zoava o Rocky e Apolo fácil. E a música Eye of Tiger é do Rocky.III, são vários fatores.

    A morte da Adrian só rolou pela recusa da atriz em participar do último filme, mas isso para mim, diferente do que aconteceu com o IndJones.4 em Sean Connery se recusar a participar do filme, pô, isso fez bem ao filme e deu um teor de dramaticidade, e dessa vez ele lutou por ele, mas mesmo assim no final ele chega na lápide da Adrian e diz: "We did", muito f#da!!

    E não dar ao Rocky um divórcio, ou um novo amor, isso pra mim foi muito válido tb. E o discurso dele com o filho, deveria ser o discurso que todo o filho deveria ouvir do pai.

    E o diferencial do último lutador que vocês não souberam falar é que o neguinho nunca teve um luta de verdade e no Rocky tinha a oportunidade de ter um adversário a altura

    Valeu Badernistas

Leave a comment